segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

2011 - seu tempo está se esgotando






Obrigada 2011, por ter sido cansativo, decisivo, com todos os obstáculos possíveis, com todos os tipos de situações, com diferentes sensações, com diferentes objetivos, com demasiados sorrisos, com poças de lágrimas, noites em claro, sonos tranquilos e longos, mudanças de cabelo, roupas, mente, universitário, fraternal, amoroso. Obrigada por todos os dias, as horas, os segundos que você pertenceu a mim, que me fez viva por todo esse ano e me manteve sempre em pé, podendo desabar em alguns momentos, mas sempre sabendo utilizar da minha força interior, da minha mente, e da minha paciência. Aliás, muito obrigada pela minha santa paciência, por ter aguentado algumas dificuldades, brigas e medos.

Além de tudo, queria agradecer por estar sempre ao lado da minha família, estarmos sempre protegidos e unidos. Que apesar de todos os problemas que possam existir, eles não acabam nem destroem nossos laços de amor, de convivência, de amizade e de todo o carinho que uma família pode oferecer, que mais do que um porto seguro, é o palco onde posso ensaiar todos os espetáculos, errar e nunca ser desmerecida como muito acontece na rua. Na minha casa eu tenho todos os ensinamentos, todas as ajudas, todas as mãos para me socorrer, todos os olhos para me cuidar, e todos os beijos de boa noite que acalentam a minha alma.

Agradeço também a pessoa que conseguiu me fazer sentir-me especial por dentro, que me fez mais humana, que me mostrou outras pessoas, que me colocou como família no meio de muita gente que eu não imaginava ter como família, e que no final das contas, parece que os conheço há muito tempo. Obrigada por me aguentar por horas, dias e um ano, que suporta minhas tristezas, minhas felicidades, meus choros, meus sorrisos, meus medos, que me entende e sempre tem a melhor palavra para me acalmar, e quando elas não servem, o teu abraço acalma todo o meu corpo. Que apesar de todas as brigas, os desentendimentos, as discussões, me suporta. Aguenta todas as minhas lágrimas de domingo na hora da despedida. Que em 2010 e 2011, eu descobri o grande amigo que tu és, e a lealdade, o respeito, caráter, a paciência em pessoa.

2011 também me mostrou e abriu caminhos para decisões universitárias, como a escolha do meu trabalho de conclusão, porém mais importante do que isso, todas as pessoas e amizades que eu pude criar em um ano, conhecendo as pessoas mais incríveis que já vi. De todos os tipos, humores, problemas, medos, e muitas conversas, fofocas, mal dizeres, e as divertidas aulas que tivemos, os momentos antes e depois das aulas, e as grandes peripécias de trabalhos e provas, e as ânsias pelas notas, os medos de graus, os traumas de provas. Obrigada por todos os momentos e por conhece-los, pois foram de suma importância para o meu futuro e todos os obstáculos superados.


Que 2012 seja mais incrível que este ano que está por acabar, que me desafie mais, exija mais de mim, me faça mais forte, mais mulher, mais paciente, mais corajosa, mais humana, mais compreensível, mais batalhadora, mais feliz. Que não me sufoque com os meus medos, traumas, neuroses, choros, minhas brigas, minha auto exigência, minha distância natural. Que 2012 afaste todo o mal do mundo, que deixe longe as pessoas maldosas e que não me querem bem. Que eu continue achando soluções para minhas dúvidas, e que cada pessoa especial que me apareceu ou que ainda estão perto ou longe de mim, continue ao meu lado, pois eu nunca abandono quem é especial para mim. Obrigada por tudo.

Um comentário:

cezar couto disse...

muito show, lindo mesmo e bem assim que 2011 foi